Eric Yuan tinha o sonho de estudar nos Estados Unidos e, além de conseguir, se tornou um dos principais executivos da Webex – plataforma de videoconferência que foi vendida para Cisco.

Ele estava infeliz porque queria REINVENTAR o produto porque os clientes não estavam satisfeitos e, como a empresa não queria aceitar suas IDEIA, ele tomou a decisão mais importante da sua vida.

Largou o emprego que o deixava INFELIZ para colocar sua IDEIA em prática.

A frase acima talvez faça o coração de muitas pessoas BATER MAIS FORTE e pensarem:

“Puxa, eu também tenho uma IDEIA de fazer um PROJETO, mas não tenho CORAGEM”

Esse é um dos maiores dilemas do EMPREENDEDOR. Temos uma IDEIA e uma INTUIÇÃO que podemos mudar o mundo, ou ao menos parte dele. Porém, muitas vezes falta dinheiro, apoio das pessoas e habilidades para colocar em prática. Na minha opinião, na maioria das vezes falta CORAGEM E CONFIANÇA!

Hoje, acredito que se as pessoas descobrirem seu IKIGAI – Razão de viver, segundo os japoneses – elas encontrarão a CORAGEM E CONFIANÇA para darem o seu SALTO DE FÉ. Fiz esse salto de fé com e lancei o Origami.club em 2017 (clique no link para conhecer a história) e uma das minhas missões é ajudar as pessoas a encontrem seu IKIGAI.

Com o Coronavírus, a ZOOM se tornou uma empresas mais importantes em um cenário de Home Office e trabalho remoto. Eu já sou fã da ferramenta que considero a MELHOR no segmento de videoconferência, e agora virei fã do Eric Yuan e da empresa. Vejam alguns artigos que selecionei sobre a Zoom e o Coronavírus, e a missão, visão, valores e cultura. TOP!!!!

Zoom gratuito para escolas | Zoom valoriza com a crise do Coronavírus 
Zoom apóia escolas, profissionais de saúde, telemedicina, home office, etc. 

Em tempos de crise, é preciso aproveitar para refletirmos como podemos nos REINVENTAR também.

Nossa missão

Torne as comunicações por vídeo sem atrito

Nossa visão

Comunicações por vídeo capacitando as pessoas a realizar mais

Nossos valores

Cuidamos de nossa empresa, clientes, comunidade, colegas de equipe e nós mesmos

Nossa cultura

Entregando felicidade

Vejam trechos da matéria sobre sua história (traduzida via Google Translator)

https://www.cnbc.com/2019/08/21/zoom-founder-left-job-because-he-wasnt-happy-became-billionaire.html

O fundador de Zoom deixou um emprego de seis dígitos porque não era feliz – e seguir seu coração fez dele um bilionário

Eric Yuan, CEO da Zoom, sonhava em deixar a China para ir ao Vale do Silício, desde jovem, e ouviu o co-fundador da Microsoft Bill Gates fazer um discurso sobre a promessa da internet.

Yuan passou mais de dois anos lutando com questões de visto – ele foi rejeitado oito vezes no total, finalmente recebendo um visto americano na nona tentativa – antes de finalmente chegar aos EUA em 1997 aos 27 anos. Ele não falava inglês, mas ele sabia escrever código de computador e conseguiu um trabalho de engenharia na empresa de software de videoconferência WebEx.

O WebEx foi vendido à Cisco por US $ 3,2 bilhões uma década depois (a plataforma agora é conhecida como Cisco Webex). Yuan se tornou o vice-presidente de engenharia da gigante da tecnologia, ganhando uma compensação nos “seis dígitos muito altos”. Mas ele estava infeliz.

“Todos os dias, quando acordei, não estava muito feliz. Eu nem queria ir ao escritório trabalhar ”, Yuan disse à CNBC Make It .

Embora seus dois primeiros anos na Cisco tenham sido ”ótimos”, ele começou a perceber que, quando conversava com os clientes da Cisco Webex sobre o produto de videoconferência que ele ajudara a construir, ele “não via um único cliente satisfeito. ” Na opinião de Yuan, o produto não evoluiu rápido o suficiente, tornando-se uma tarefa árdua para os clientes. (De fato, Yuan disse à CNBC no início deste ano que a Cisco ainda estava usando o mesmo código de buggy que ele escreveu para a WebEx há cerca de duas décadas.)

(Sri Srinivasan, vice-presidente sênior e gerente geral do grupo de colaboração de equipes da Cisco, diz que a empresa “redesenhou o Webex desde o início” desde o mandato de Yuan e salienta que os clientes Webex incluem aproximadamente 95% das empresas da Fortune 500, e mais de 130 milhões de pessoas usam Webex todos os meses.)

Como engenheiro de software de longa data com várias patentes relacionadas à tecnologia de colaboração em tempo real, Yuan sentiu que a evolução de smartphones e tablets criou novas oportunidades para tornar a videoconferência móvel mais acessível do que nunca.

Mas, em 2011, Yuan percebeu que, se ele quisesse criar um produto da maneira que queria, teria que deixar o conforto de seu alto cargo como executivo para começar por conta própria. Ele deixou a Cisco e começou a desenvolver sua própria plataforma de software de videoconferência enquanto procurava o financiamento necessário para criar um produto e lançar uma nova empresa.

“Por um lado, é realmente um grande risco passar de uma posição muito bem paga e de vice-presidente [na Cisco]. Por que você quer ir embora? Yuan diz à CNBC Make It. “No entanto, por outro lado, eu não estava feliz. Então, mentalmente, isso não é um grande risco. O objetivo da vida é buscar a felicidade, e eu não era feliz. Então, qual é o risco?

A aposta valeu a pena, e mais ainda.

Nos oito anos desde que Yuan fundou a Zoom, a empresa cresceu e agora emprega mais de 1.700 pessoas, dobrando sua receita em 2018 para mais de US $ 330 milhões. A Zoom lançou sua oferta pública inicial em abril, no que se tornou uma das estreias públicas de maior sucesso do ano. As ações da empresa aumentaram mais de 50% desde o IPO, dando à Zoom uma avaliação de mercado de aproximadamente US $ 25,5 bilhões. (No entanto, alguns analistas de Wall Street argumentaram que as ações da Zoom estão supervalorizadas em comparação com a receita atual da empresa.)