Qual é a relação entre o Coronavírus e o Zoom.us que é a melhor plataforma de videoconferência e aulas online da atualidade?

O MUNDO INTEIRO passou a trabalhar home office e as crianças/jovens passaram a fazer homeschooling.

O que acontece quando as pessoas passam a ECONOMIZAR o seu TEMPO que era PERDIDO no trânsito? O que acontece quando as pessoas não vão FISICAMENTE para o trabalho e as crianças/jovens não vão para escola?

O comércio FÍSICO fechou, restaurantes perdem quase todo movimento, motoristas de Uber/taxis ficam com pouco trabalho, pequenas empresas estão quebrando e milhares de pessoas estão perdendo empregos.

“Enquanto uns choram, outros vendem lenços”

Este ditado nunca foi tão atual. Que o mundo estava vivendo uma transição, a gente já sabia. O que não poderíamos prever é que a pandemia do Coronavírus iria acelerar a Transformação Digital e obrigar as pessoas, mesmo que pela DOR, a aprenderem a usar ferramentas digitais de comunicação.

A DOR do isolamento social e da quarentena fez as pessoas saírem da ZONA DE CONFORTO e buscarem APRENDER COISAS NOVAS. Para ter AULAS ONLINE precisam usar aplicativos de videoconferência e o ZOOM é a MELHOR DO MUNDO.

Dicas para usar o ZOOM que VOCÊ pode compartilhar:

  • FALE COM SUA ESCOLA e peça para outros pais pedirem que façam aulas online
  • Professores de Yoga, personal trainers e outros
  • Terapeutas e outros profissionais de saúde alternativa para atendimento online
  • Psicólogos para atendimento remoto
  • Professores particulares de inglês e outros idiomas
  • Aulas de MÚSICA
  • Idosos para fazerem encontros com amigos
  • Reunir crianças para brincarem ONLINE
  • Aulas de ORIGAMI para crianças e adultos

Vejam o gráfico que peguei na ótima matéria da Folha de São Paulo e que selecionai alguns trechos.

Em meio ao cancelamento de aulas presenciais em razão da Covid-19, uma anedota circula entre estudantes nos Estados Unidos. Todos estão indo para a mesma escola, a “Zoom University“, mas pagam preços diferentes.

As universidades americanas —das mais prestigiadas e caras às menos reconhecidas— migraram suas aulas para a modalidade online. Quase todas optaram pelo aplicativo Zoom, uma ferramenta de vídeo que permite salas virtuais com dezenas de pessoas ao mesmo tempo conectadas.

Criada em 2011, a empresa com sede em São Francisco viu suas ações na Nasdaq dispararem com a pandemia da Covid-19 e a consequente migração de aulas e de reuniões corporativas para plataformas online. Em janeiro, a ação custava US$ 68 (R$ 340). Na última sexta (20), era vendida a US$ 130 ( R$ 650), com a empresa avaliada em US$ 36 bilhões (mais de R$ 150 bi).

Entre 1 de fevereiro e 12 de março, o Zoom foi baixado por mais de 12 milhões de usuários de smartphone, o dobro do registrado pelo Skype, aplicativo de ligações de vídeo. No Brasil, houve 290 mil downloads, com o pico no mês de março, após o aumento de casos de Covid-19.

“Sinto que da noite para o dia todo mundo percebeu que precisava ter uma ferramenta como o Zoom para conectar seu pessoal”, afirmou Eric S. Yuan, fundador e diretor executivo do grupo, durante conferência com investidores no início de março.

https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2020/03/zoom-vira-sucesso-com-avanco-da-codiv-19.shtml


Eric Yuan – Uma história inspiradora do fundador da Zoom

Outro motivo para a Zoom ser uma empresa tão incrível é a história do seu fundador – Eric Yuan – que é chinês e tentou 8 vezes obter o visto para ir estudar nos Estados Unidos. Se tornou um dos principais executivos da Webex/Cisco, mas decidiu sair porque estava INFELIZ porque os clientes não estavam FELIZES.

Vejam um post sobre o Eric Yuan na Jornada Ikigai
http://jornadaikigai.com/eric-yuan-fundador-da-zoom-video/

Nossa missão

Tornar as comunicações por vídeo sem atrito

Nossa visão

Comunicações por vídeo capacitando as pessoas a realizar mais

Nossos valores

Cuidamos de nossa empresa, clientes, comunidade, colegas de equipe e nós mesmos

Nossa cultura

Entregando felicidade