Que o mundo está em transição e que veremos o modelo baseado em competição/escassez dar espaço para modelos baseados na colaboração/abundância já se tornou uma conversa batida entre pessoas envolvidas com FUTURO, desenvolvimento humano e novas organizações.

O dilema é que entre TEORIA e PRÁTICA há um grande abismo. Se perguntem para VOCÊ se você tem INVEJA, ORGULHO ou toma decisões baseadas no MEDO DA ESCASSEZ… Talvez a resposta “politicamente correta” seja NÃO! E vai fazer um belo discurso da importância da colaboração e que vivemos em um mundo abundante.

O que acontece NA PRÁTICA, infelizmente, é que quando há uma chance de “fechar um cliente” em tempos de escassez de dinheiro $$$, grande parte das pessoas deixam o discurso de lado.

Economia do Presente – Uma solução para superar a crise?

A Elementa é a primeira agência de ECONOMIA DO PRESENTE do Brasil e, quem sabe, do mundo?

A ideia é simples: Não teremos mais ORÇAMENTOS, reuniões chatas e CLIENTES.

Leia o artigo para compreender a lógica.

https://www.linkedin.com/pulse/economia-do-presente-uma-forma-criativa-de-crise-em-marcio-okabe/?published=t

O que teremos são PROJETOS, PESSOAS e VALORES.

Vamos formar grupos sem hierarquia e com AUTOGESTÃO e captar PROJETOS que sejam alinhados ao PROPÓSITO do grupo.

Nossa primeira cliente… ops, PROJETO será a Allure Desenvolvimento Humano cuja idealizadora é a Cristiane Maziero.

Gostou das ideias? Entre no Grupo do Telegram “Agência Economia do Presente“.

Uma das nossas bases é o livro “Reinventando as Organizações”.